5ª Brazil Patchwork Show: sucesso na ponta da agulha

loading...

O interesse e a paixão pela arte do patchwork foram comprovados durante a 5ª Brazil Patchwork Show. O evento, que aconteceu de 5 a 8 de abril no Centro de Eventos São Luís, em São Paulo, recebeu cerca de doze mil pessoas que buscaram as novidades em insumos e produtos acabados de 60 expositores. O espaço ficou lotado durante todo o tempo e a área de 2600 m² parecia pouca diante da empolgação do público.

“Decididamente, seja como arte, terapia ou fonte de renda, o patchwork já caiu no gosto dos brasileiros”, diz Rita Mazzotti, diretora da WR São Paulo, organizadora da 5ª Brazil Patchwork Show. Rita lembra que os romanos usavam esta técnica para confeccionar almofadas, colchões, colchas primitivas e roupas protetoras para os soldados, enquanto os soldados americanos do século XIX usavam modelos semelhantes como proteção contra as flechas indígenas. Hoje o patchwork é usado para produzir colchas, bolsas, panos de prato, enfeites para a casa e bonecas, por exemplo. Todos esses produtos puderam ser adquiridos na 5ª Brazil Patchwork Show, bem como tecidos, máquinas de costura, réguas, moldes e kits para os adeptos da arte que colocam a mão na massa. Também foram oferecidos cursos de patchwork para iniciantes ou de aperfeiçoamento para praticantes.

Quem foi na 5ª Brazil Patchwork Show ficou encantado. Maria Carolina Pires Camargo veio de Marília numa excursão com outras 40 pessoas. “Na feira encontrei tudo que eu queria e ainda mais. Não imaginava que o patchwork estivesse tão desenvolvido no Brasil”, ressaltou. A todo momento não paravam de chegar caravanas de diversas regiões do país.

Clara Camargo, de 27 anos, também gostou. Ela pratica patchwork há cinco anos e acha importante visitar a feira para comprar produtos novos e trocar experiências. “Adoro encontrar e comprar uma estampa que ninguém tem”.

Variedades e novidades realmente não faltaram. Segundo Wagner Vivian, do Ateliê Benigna, que participa da Brazil Patchwork Show desde o primeiro ano, “foi visível a diversificação de expositores e materiais e o crescimento do público.” Regina Moreno, do Ateliê Regina Moreno também percebeu a evolução do patchwork: “nesta edição vimos mais novidades e produtos mais elaborados”. A artesã disse que “para quem pratica patchwork, a feira é a grande diversão.”

Aparecida de Carvalho, do Bello Quilt, comentou que duplicou o volume de vendas em relação ao ano passado e que o público também aumentou. Anatália, que produz bonecas de pano, lembrou que é importante participar do evento tanto pelo resultado imediato como pelos negócios futuros. Ela vendeu praticamente todas as peças que levou (cerca de 90%), e saiu da feira com encomendas para vários estados.

A 5ª Brazil Patchwork Show ainda contou com a exposição “Tecidos: Impressões e Expressões”, e uma curiosa coleção de 1988 dedais.

Em 2012 a 5ª Brazil Patchwork Show também será realizada de na primeira quinzena de abril.

NOVIDADES POR E-MAIL

1). Digite seu e-mail e clique em ENVIAR.
2). Entre no e-mail e clique no link para confirmar sua inscricao.

Caso não esteja recebendo, veja este passo a passo:Como se cadastrar na Newsletter


Deixar resposta